imprensa

28/02/2018

​Resumo da sessão ordinária de 27 de fevereiro de 2018

Destaque

Foram cinco os vereadores que utilizaram o espaço da palavra livre na sessão ordinária de terça-feira, 27, na Câmara Municipal de Guabiruba.

Na sessão presidida pelo vereador Cristiano Kormann (Progressista) assuntos como vista a empresa RioVivo, fiscalização das agências bancárias e situação das limpezas em calçadas do município foram destaque.

Palavra livre

Haliton Kormann (MDB)

Comentou sobre alagamentos, próximo ao Atacado Vitória, no bairro Imigrantes, também falou sobre conversa com empresários e moradores da região na tentativa de convencer o poder público a construir um novo sistema de tubulação.

Também voltou a apresentar reclamação do não melhoramento do acostamento da Rua José Fischer, pedido já apresentado por ele no ano passado.

Jaime Luiz Nuss (MDB)

Agradeceu a Secretaria de Obras por atender sua indicação para o patrolamento da Estrada Geral do Lageado Alto.

O vereador Jaime também discorreu sobre reclamação da comunidade sobre o não recebimento por algumas instituições financeiras dos boletos de taxas e impostos municipais. Segundo o parlamentar muitas vezes as pessoas tem que se deslocar com significativas quantias em dinheiro, sujeitas inclusive a sofrerem um assalto.

Paulo Ricardo Gums (Progressista)

O vereador Minhoca destacou a situação das calçadas inclusive apresentando vídeos no sistema audiovisual da casa, mostrando uma calçada na localidade do Sternathal, bairro Aymoré, completamente tomada pelo mato. O edil informou que existe uma lei que obriga o proprietário a pavimentar e manter limpo os passeios públicos em Guabiruba.

Cristiano Kormann (Progressista)

O presidente destacou visita de uma comitiva da Câmara Municipal de Guabiruba a empresa RioVivo em Brusque, para buscar informações sobre os serviços da mesma no tratamento de efluentes e também no que diz respeito ao tratamento e distribuição de água. Segundo o vereador temas dessa natureza passarão pela câmara durante o ano, por esse motivo a necessidade de buscar subsídios para ter uma discussão em alto nível sobre essas questões.

Felipe Eilert dos Santos (PT)

O vereador realizou um trabalho de fiscalização e elaboração de um relatório sobre o cumprimento ou não, das agências bancarias das leis municipais que obrigam as instituições a fixarem câmeras de seguranças nas partes externas das agências. Além da instalação de barreiras visuais no interior das agências para dar mais privacidade e segurança nas transações realizadas pelos usuários.

Ele na sequência comentou sobre sua indicação que solicita que a prefeitura proceda com o processo de fiscalização as situações já citadas envolvendo as agências bancárias da cidade.

Por fim, comentou encontro que teve no período da manhã com membros da Secretaria de Educação e Polícia Militar (PM) na Câmara Municipal.

ORDEM DO DIA

Nenhum projeto colocado em votação.

Áudios