imprensa

20/06/2018

​Resumo da sessão ordinária de 19 de junho

Destaque

Na noite de terça-feira, 19 de junho, a Câmara Municipal de Guabiruba realizou mais uma sessão ordinária, sendo os trabalhos presididos pelo vereador Cristiano Kormann (Progressistas).

Na oportunidade um Projeto de Lei foi apreciado e votado pelos vereadores. Já o espaço da palavra livre fui utilizado por cinco parlamentares que destacaram diversos temas.

O vereador líder de governo Waldemiro Dalbosco (Progressistas) atendendo pedido da bancada oposicionista apresentou informações sobre o andamento da revisão do Plano de Saneamento Básico Municipal.

Segundo o parlamentar após uma licitação a empresa Ampla de São José, está em processo de levantamento de dados junto a Agência Intermunicipal de Regulação e Controle do Médio Vale do Itajaí (AGIR) e realizando estudos no município. Após essa etapa o projeto seguirá outros tramites como a realização de audiências públicas para discutir o tema.

Dalbosco também apresentou um tema que gerou debates na sessão, que é a intenção por parte de instituições públicas de contratação de servidores com o aumento de despesas e inchaço da máquina pública. Segundo o vereador a mídia divulgou a intenção da Câmara de Florianópolis de aumentar verbas de gabinete e também o número de assessores por vereador. Da mesma forma, a Assembleia Legislativa (ALESC) tentou criar cargos para serviços irrelevantes com despesas aproximadas de R$ 12 mil, entre salários e encargos. Além de a ALESC aprovar também a criação 868 cargos no Tribunal de Justiça de Santa Catarina, sendo que metade é de livre nomeação sem a necessidade de concurso público.

O vereador Marcos Aurélio Habitzreuter (Progressistas) comentou sobre a recorrente reclamação da comunidade com cobranças indevidas da taxa de lixo. Ele citou exemplos de pessoas que estão sendo cobradas em duplicidade por terem uma garagem para os seus veículos não anexadas às residências.

O vereador também sugeriu a possibilidade da iniciação de um processo de coleta de lixo seletiva, que pode não ter ganhados financeiros, mas, apresenta resultados importantes para o meio ambiente.

Por fim, discorreu sobre suas visitas nas comunidades, sendo que muitos moradores solicitam a instalação de travessias elevadas, para ajudar na redução da velocidade nas vias municipais.

Haliton Kormann (MDB) questionou sobre a prorrogação do contrato de emergência entre município e empresa Recicle. O vereador foi informado que o mesmo foi estendido até o final de 2018.

Parabenizou a Secretaria de Saúde pela campanha de incentivo para a doação de sangue, já que esse é um processo importantíssimo para salvar vidas.

Também parabenizou os representantes do bairro Imigrante que receberam a premiação do 21º Jogos Comunitários de Guabiruba, além de também estender as felicitações para todos os bairros participantes.

Por fim, externou sua admiração e amor ao senhor Harri Kormann, seu avô, que completou 91 anos, na terça-feira.

Já o vereador Jaime Luiz Nuss (MDB) solicitou o enviou de moção de repúdio para a Assembleia Legislativa de Santa Catarina, para apresentar o descontentamento da casa legislativa guabirubense com a intenção da contratação desenfreada de servidores para a ALESC e Tribunal de Justiça.

Também comentou sobre a situação das cobranças indevidas da taxa do lixo em Guabiruba, afirmando que a Recicle realiza um bom trabalho de coleta, mas, peca no momento da cobrança. O vereador voltou afirmar a necessidade de amplos debates sobre a situação envolvendo o Plano de Saneamento do Municipal, que tratará da situação do lixo, abastecimento de água e saneamento.

O vereador Paulo Ricardo Gums (Progressistas) discorreu sobre o projeto de lei aprovado na sessão que autoriza o poder público a adquirir terreno nos fundos da Escola de Educação Infantil Professora Edite Bozano Alves de Souza, bairro Aymoré, para uma ampliação futura da estrutura.

O parlamentar também apresentou imagens no sistema áudio visual da casa legislativa, destacando a pavimentação da Rua AYM-010, também no bairro Aymoré, numa parceria entre prefeitura e comunidade.

ORDEM DO DIA

- Foi aprovado em regime de urgência especial o Projeto de Lei Ordinária nº 014/2018, que "AUTORIZA O MUNICÍPIO DE GUABIRUBA A ADQUIRIR IMÓVEL PARA AMPLIAÇÃO DA ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL PROFESSORA EDITE BOZANO ALVES DE SOUZA".

Nada mais havendo a tratar, foi declarada encerrada a sessão ordinária, convocando a próxima para o dia 26 de junho do corrente, no horário regimental de 19 horas.

Áudios