imprensa

10/10/2018

​Resumo da sessão ordinária de 09 de outubro de 2018

Destaque

Na noite de terça-feira, 10, aconteceu mais uma sessão ordinária na Câmara Municipal de Guabiruba. O vereador Cristiano Kormann (Progressistas) presidiu a sessão que teve um projeto de lei analisado e baixado para as comissões. Na oportunidade oito vereadores utilizaram o espaço da palavra livre com destaque para os temas da saúde e também eleições com os resultados das urnas.

A sessão também contou com a presença de Evandro Rosa, administrador do Hospital Arquidiocesano Cônsul Carlos Renaux (Azambuja), que apresentou os trabalhos da casa de saúde, destacando o atendimento a comunidade guabirubense. O administrador também discorreu sobre o processo de modernização e melhoria da estrutura do hospital.

O vereador Haliton Kormann (MDB) destacou o bom atendimento do Hospital de Azambuja e sugeriu a realização de campanha para arrecadar recursos para a casa hospitalar.

Harri Westarb Neto (DEM) comentou sobre a importância do Hospital de Azambuja para a região, além de reforçar a importância de uma ajuda financeira. Da mesma forma também discorreu sobre a necessidade de reforçar o atendimento no Hospital de Guabiruba, principalmente no período noturno.

Eleições e a falta de representatividade da região na Assembleia Legislativa (AL) também foi lamentada pelo parlamentar.

O vereador Jaime Luiz Nuss (MDB) destacou a importância do trabalho do Hospital de Azambuja no atendimento dos guabirubenses na realização de atendimentos de emergência, urgências e consultas com diversas especialidades. O parlamentar lamentou que o município não mantenha uma ajuda financeira mensal ao hospital, na sequência sugeriu ao presidente e mesa diretora da Câmara Municipal para estudar a possiblidade de fazer um repasse das “sobras financeiros do legislativo” para o hospital para manutenção das atividades.

Nuss também comentou mais dois temas, o primeiro sua participação na reunião da Associação de Moradores do bairro Planície Alta, apresentando as reivindicações da comunidade. O segundo tema a reclamação da comunidade com relação os juros abusivos das faturas de água cobrados pela Guabiruba Saneamentos.

Paulo Ricardo Gums (Progressistas) também discorreu em suas palavras sobre a possibilidade de repasses financeiros para o Hospital de Azambuja. Na sequência comentou os resultados do 1º turno das eleições.

Alôncio Schirmer (Progressistas) também falou sobre a importância do atendimento do Hospital de Azambuja, mas não deixou que solicitar também apoio a Associação Hospitalar de Guabiruba.

O vereador também solicitou ao poder executivo atenção na limpeza de bocas de lobo na cidade.

O vereador Vilmar Gums (PSDB) também falou sobre a presença do diretor do Hospital de Azambuja na Câmara Municipal, ressaltando a importância da casa hospitalar.

Gums também falou sobre o processo eleitoral comentando o insucesso dos candidatos da região.

O vereador Felipe Eilert dos Santos (PT) que é profissional do setor da saúde e também faz parte do quadro clínico do Hospital da Azambuja, comentou a participação do diretor Evandro Rosa na sessão do poder legislativo. O parlamentar destacou o processo de modernização do hospital, situação financeira e também possíveis parcerias entre o município e casa de saúde.

Também falou sobre o Dia do Nordestino, lembrando da gratidão que esse povo tem com a política desenvolvida pelo Partido dos Trabalhadores, que pela primeira vez na história direcionou atenção e recursos para o nordeste do país.

ORDEM DO DIA

- Foi baixado para as Comissões de Legislação, Justiça e Redação Final e Finanças e Orçamento o Projeto de Lei Complementar nº 03/2018 de autoria do Executivo, que "RATIFICA O NOVO PROTOCOLO DE INTENÇÕES DO CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SAÚDE DO MÉDIO VALE DO ITAJAÍ - CISAMVI, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS".

Nada mais havendo a tratar, foi declarada encerrada a sessão ordinária, convocando a próxima para o dia 16 de outubro do corrente, no horário regimental de 19 horas.