​Resumo da sessão ordinária de 04 de agosto de 2020
Destaque para temas como pandemia do coronavírus, obras importantes em andamento na cidade, falta de água e felicitações a cidade de Brusque pela passagem dos 160 anos de fundação.
por Redação 05/08/2020 às 10:44 Atualizado em 05/08/2020 às 10:45

Na noite de terça-feira, 04, a Câmara Municipal de Guabiruba retornou as sessões ordinárias após o recesso parlamentar. Os encontros que continuam sendo realizados remotamente voltaram também com transmissão pela WebTV da casa, para acompanhamento da comunidade e imprensa regional.

A sessão foi presidida pela vereadora Rosita Kohler (Progressistas), contando com as presenças dos demais oito parlamentares.

Destaque para temas como pandemia do coronavírus, obras importantes em andamento na cidade, falta de água e felicitações a cidade de Brusque pela passagem dos 160 anos de fundação.

O vereador Vilmar Gums (MDB) discorreu sobre a reclamação da comunidade com relação a constante falta de água no município, ele solicitou uma ação imediata da empresa que administra o serviço. Segundo o parlamentar o bairro Aymoré é o local que ele mais recebeu reclamações.

O vereador também agradeceu a melhoria da iluminação pública na Rua Santa Catarina.

Por fim, criticou a ação da Polícia Militar (PM) durante uma abordagem a pessoas que estão realizando uma festa. Segundo o vereador não há justificativa para a violência empregada na ação.

Waldemiro Dalbosco (Progressistas) prestou sua homenagem a cidade/mãe Brusque pela passagem dos 160 anos.

Discorreu sobre obras importantes no bairro Lageado Alto, como alargamento de vias, melhorias na mobilidade que deverão ajudar muito no trânsito de turistas no futuro quando a pandemia passar.

Cristiano Kormann (Progressistas) destacou encontro envolvendo prefeito, vice-prefeito e representantes da Guabiruba Saneamento para tratar sobre a falta constante de água no município. Segundo o parlamentar foi informado que um trabalho de geofonamente está sendo realizado pelos técnicos da empresa na tentativa de descobria uma fralde no sistema ou um grande vazamento que está impossibilitando o enchimento noturno do reservatório do sistema de abastecimento.

O vereador também destacou o bom andamento das obras na cidade informado que realizou visitas em obras na localidade Holstein (pavimentação e obras da escola) São Pedro (pavimentação da Rua Alsácia e Rua Antônio Fischer, Lageado Baixa (obras de pavimentações) e Lageado Alto (Alargamento de vias e corte de vegetação que causava queda de energia ao tocar nos fios da rede pública).

O vereador Felipe Eilert dos Santos (PT) destacou temas relacionados a pandemia do coronavírus inicialmente deixando sua solidariedade à família do senhor Ingo Kohler e demais famílias que tiveram seus entes queridos atingidos pela covid-19. Ele também deixou claro que nenhum esforço está deixando de ser feito pelos profissionais da área de saúde do município e também do Hospital Azambuja, que estão muito empenhados na luta contra a doença.

Comentou também entrevista da senhora Márcia Cansian, Coordenadora de Governança Regional do Médio Vale do Itajaí, que tratou sobre a situação regional da pandemia, destacando que se houvesse um nível acima de gravíssimo a região estaria nesse nível. Também preocupa segundo o vereador a lotação de 105% das UTIs, afastamento de profissionais da saúde e falta de insumos.

Sobre a falta de água no município o vereador incentivou a denúncia a canais legais como SAC da Guabiruba Saneamento e também a ouvidoria da AGIR.

Haliton Kormann (MDB) sobre a falta de água o vereador informou que a população já está pensando em recorrer ao Ministério Público.

Reforçou suas indicações solicitando o patrolamento e areiamento do final da  Rua Lorena, bairro Lorena. Outrossim, solicitou a Administração Municipal, por meio da Secretaria de Obras, o patrolamento e areiamento da rua João Caetano, no Bairro.

Também discorreu sobre os critérios da administração municipal para pagar gratificações para os funcionários que trabalham no combate a pandemia do coronavírus. “Se for só para quem trabalho no Centro de Triagem sou contra, afirmou o parlamentar”.

Harri Westarb Neto (Podemos) voltou a pedir melhorias na Rua Soni Baumgartner. Ele informou que foi feita uma obra de aterramento que acabou deixando lama e água para as margens da via.

Parabenizou a cidade de Brusque pelos 160 anos de fundação, comemorados no dia 04 de agosto.

Por fim, comentou a situação envolvendo a força policial excessiva, que viralizou   através das redes sociais.

O vereador Jaime Luiz Nuss (MDB) além de voltar a afirmar que não deve ser economizar recursos financeiros para o tratamento e prevenção da covid-19, também solicitou que o município teste mais a população com a realização de testes rápidos e também outros métodos. Sugeriu que trabalhadores afastados em quarentena também façam o teste antes do retorno ao trabalho.

Sugeriu ao setor de comunicação da prefeitura para que inclua em seu relatório diário sobre a covid-19 a informação sobre o número de casos em cada bairro.

Por fim, deixou suas felicitações para a cidade de Brusque que completou 160 anos.  

O edil Paulo Ricardo Gums (Progressistas) agradeceu a Secretaria de Obras por ter atendido seus pedidos e ter realizado o melhoramento de vias secundárias no Sternathal, obras que são pequenas, mas, fazem uma grande diferencia para os moradores.

Comentou sobre o início das obras na Rua Guabiruba Sul, com o processo inicial de drenagem e após a conclusão com pavimentação e reurbanização da via.

Parabenizou também a cidade de Brusque pelos 160 anos de fundação.

A vereadora Rosita Kohler informou sobre conversa que teve com o secretário de Educação, professor Fred Nagel, sobre o tema volta as aulas presenciais. Segundo a parlamentar o prazo inicial para retorno seria setembro, mas, em decorrência da expansão da pandemia do coronavírus isso não será possível. Os principais problemas são 20% dos profissionais da educação que são do grupo de risco, aglomeração no transporte escolar, além da dificuldade em separar grandes turmas de alunos nas salas de aulas.

A vereadora também destacou a continuidade das aulas remotas com a participação de boa parte dos pais, mas segundo informações é perceptível um cansaço no processo. Ela também destacou que uma pesquisa entre os pais apontou que 70,2% deles não estão seguros em deixar seus filhos voltarem as escolas.

Por fim, a vereadores destacou o retorno das sessões remotas após o recesso parlamentar, destacando também o reinicio das transmissões através da WebTV.

ORDEM DIA

Nenhum projeto foi colocado em votação.

A próxima sessão da Câmara Municipal de Guabiruba será realizada na terça-feira, 11 de agosto, no horário regimental de 19 horas.

Continue lendo...