​Resumo da sessão ordinária de 24 de setembro
No espaço da palavra livre seis vereadores se pronunciaram sobre temas diversos como cultura, saúde e infraestrutura.
por Redação 25/09/2019 às 07:33 Atualizado em 26/09/2019 às 09:52

Na noite de terça-feira, 24, aconteceu a última sessão ordinária do mês de setembro na Câmara Municipal de Guabiruba, sendo os trabalhos presididos pela vereadora Rosita Kohler (Progressistas) na presença dos demais parlamentares e do público em geral.

No espaço da palavra livre seis vereadores se pronunciaram sobre temas diversos como cultura, saúde e infraestrutura.

Vilmar Gums (PSDB) solicitou o envio de moção de pesar para família Janice Kormann Bonikoski, 36 anos, moradora da Rua Carlos Boos, Aymoré, que faleceu na terça-feira.

Felipe Eilert dos Santos (PT) solicitou o contato com a Câmara de Vereadores de Brusque e demais órgãos competentes para providenciar o conserto de buracos na Rua São Pedro já no lado da cidade vizinha, situação que está dificultando a transito de veículos entre os municípios.

Entre outros assuntos o vereador discorreu sobre sua participação no Fórum Municipal de Cultura, que discutiu os rumos do setor em Guabiruba. A democratização da Cultura e como mudar hábitos de quem consome a Cultura foram temas centrais das discussões. O parlamentar destacou a importância da Lei de Incentivo a Cultura para projetos como “Paixão e Morte de um Homem Livre”.

O vereador Harri Westarb Neto “Godo” (DEM) apresentou imagens de placas de logradouros públicos com as inscrições (letras apagadas) e solicitou providencias.

O parlamentar também apresentou imagens de um poste danificado, além de apresentar fotos de caixas coletivas de lixo no município de Palhoça, que segundo ele podem servir modelo para Guabiruba.

O edil também relatou reclamações da comunidade do bairro Aymoré com problemas no sistema de telefonia. 

O vereador Haliton Kormann (MDB) discorreu sobre audiência no Procon de Guabiruba com representantes das empresas de telefonia conforme solicitação realizado através de ofício pedido por ele na Câmara Municipal atendendo reivindicações de moradores com relação a falta de sinal de telefonia móvel e internet em vários pontos da cidade.  

O parlamentar informou que das empresas aguardadas TIM e VIVO somente a VIVO enviou um representante, um advogado (terceirizado) que apenar das boas intenções não possuía conhecimento técnico sobre os problemas enfrentados pelos usuários dos serviços.

O vereador líder de bancado de oposição Jaime Luiz Nuss (MDB) falou sobre assunto levantado em sessões anteriores sobre a possibilidade de manter conversas com lideranças políticas de Brusque, para voltar a discutir um novo acesso viário entre os municípios, quem sabe até reativando um antigo projeto que foi deixado de lado no passado após embargos ambientais.

O parlamentar afirmou que é recorrente a reclamação dos motoristas com as formações de filas nos dois acessos a Guabiruba via São Pedro e Imigrante. O caso mais grave são as intermináveis filas no semáforo do bairro Guarani. 

Sobre o atendimento no setor da saúde o vereador discorreu sobre assunto também levantado pelos vereadores da bancada de oposição com relação as recorrentes reclamações principalmente via redes sociais sobre o mau atendimento de um médico na Unidade Básica de Saúde do bairro Guabiruba Sul, não respeitando nem idosos, mulheres e crianças.

O vereador líder de governo Cristiano Kormann (Progressistas) discorreu sobre a reclamação vias redes sociais sobre a possiblidade na complicação do atendimento de um médico na UBS do bairro Guabiruba Sul.  Ele informou que apesar das reclamações não terem chegados através das vias oficiais na Secretaria de Saúde ações devem ser tomadas nas próximas horas através da visita em loco de um profissional da secretaria na referida UBS. 

O vereador também falou sobre o projeto do executivo que altera a lei 1.652, de 18 de outubro de 2018, e autoriza o município a contrair valores aditivos no valor aproximado de R$ 3 milhões através de operação financeiro junto ao Banco Regional do Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) para complementação nas obras viárias no município.

O último vereador a usar a palavra Paulo Ricardo Gums (Progressistas) destacou a satisfação de servidores com o reajuste de 3% oferecido pelo Poder Executivo.

ORDEM DO DIA

- Aprovado em discussão e votação única o Projeto de Lei Ordinária nº 28/2019 do Executivo, que "ALTERA A LEI 1.652, DE 18 DE OUTUBRO DE 2018, QUE AUTORIZA O PODER EXECUTIVO A CONTRATAR OPERAÇÃO DE CRÉDITO COM O BANCO REGIONAL DE DESENVOLVIMENTO DO EXTREMO SUL (BRDE)".

- Aprovado em primeira discussão e votação o Projeto de Lei Ordinária nº 22/2019, que "ALTERA A LEI Nº 1612, DE 26 DE OUTUBRO DE 2017, PLANO PLURIANUAL DO MUNICÍPIO DE GUABIRUBA PARA O QUADRIÊNIO 2018/2021".

- Aprovado em primeira discussão e votação o Projeto de Lei Ordinária nº 23/2019, que "DISPÕE SOBRE AS DIRETRIZES PARA A ELABORAÇÃO DA LEI ORÇAMENTÁRIA PARA O EXERCÍCIO DE 2020 E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS".

- Aprovada Moção de Congratulações nº 15/2019;

- Aprovada Moção de Pesar nº 16/2019.

- Aprovado em segunda discussão e votação referente ao Projeto de Lei nº 024/2019, que "DENOMINA VIAS PÚBLICAS MUNICIPAIS DOS LOTEAMENTOS RESIDENCIAL CARMINATTI I E RESIDENCIAL CARMINATTI II".

Nada mais havendo a tratar, foi declarada encerrada a sessão ordinária, convocando a próxima para o dia 01 de outubro de 2019, no horário regimental às 19 horas.

Galeria de fotos
Continue lendo...