Câmara realiza primeira sessão ordinária do mês de maio, novamente através de videoconferência
Na oportunidade sete parlamentares utilizaram o espaço da palavra livre para apresentar suas reivindicações. Nenhum projeto constava na ordem do dia.
por Redação 06/05/2020 às 07:23

Na noite de terça-feira, 05 de maio, os vereadores guabirubenses realizaram a primeira reunião ordinária do mês, sendo os trabalhos presididos pela vereadora Rosita Kohler, contando para a participação dos demais oito parlamentares.

Mais uma vez a sessão foi realizada remotamente através de videoconferência em decorrência das medidas de afastamento social decretadas pelo governo do estado de Santa Catarina.

Na oportunidade sete parlamentares utilizaram o espaço da palavra livre para apresentar suas reivindicações. Nenhum projeto constava na ordem do dia.

O vereador Waldemiro Dalbosco falou sobre a assinatura do contrato de concessão entre prefeitura e Grupo Atlantis, responsável pela empresa Guabiruba Saneamento que irá operar o sistema de água e esgoto pelos próximos 30 anos. O parlamentar narrou à emoção do prefeito Matias Kohler, pela transposição de muitas barreiras para chegar nesse momento. Segundo Dalbosco o desejo inicial não era a concessão para iniciativa privada, mas sim a instalação de uma autarquia municipal, situação que não foi possível em decorrência dos altos investimentos necessário em decorrência do “sucateamento” do sistema entregue pela CASAN.

O vereador líder de governo Cristiano Kormann (Progressistas) também comentou sua participação na assinatura de contrato de concessão de água e esgoto entre prefeitura e Grupo Atlantis, o parlamentar aproveitou o espaço para parabenizar o prefeito e sua equipe que conseguiram superar muitas barreiras para chegar nesse momento. Segundo o vereador a concessão será de 30 anos e investimentos a curto, médio e longo prazo deverão ser realizados para melhoria do sistema de água e inicio do tratamento de esgoto.

Haliton Kormann (MDB) informou que esta sendo constantemente procurado por munícipes que estão reclamando dos preços abusivos de alguns produtos em estabelecimentos comerciais nessa época de pandemia. Outra situação reclamada foi o preço da gasolina que segundo populares não está seguindo a retração de preço vista em outras cidades. Kormann solicitou a ação do Procon para verificar e dar um parecer sobre essas situações.

Sobre a concessão da água e esgoto para os próximos 30 anos o vereador disse que agora cabe torcer pelas melhorias e também fiscalizar se os recursos prometidos serão aplicados.

Por fim, solicitou o envio de moção de congratulação para o 18º Batalhão da Polícia Militar (PM) em nome do comandante Ten.Cel Otávio Manoel Ferreira Filho, pela passagem de mais um aniversário da PM que presta valorosos e importantes serviços para comunidade catarinense.

O vereador Harri Westarb Neto “Godo” informou que foi questionado e disse pensar que no mínimo a situação é estranha, segundo ele desde que o prefeito esteve na Câmara Municipal anunciando a autorização do Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE/SC) da liberação da concessão do sistema de água e esgoto nunca mais foram relatados problemas de falta de água e também coloração e qualidade. Isso para o parlamentar é no mínimo suspeito, mas também se mostrou feliz com a resolução momentânea dessa situação.

O vereador também apresentou pedido da comunidade para a instalação de um redutor de velocidade nas proximidades da Casa Lotérica na Rua Brusque, Centro, em decorrência de acidentes frequentes no local.

Ainda como indicação verbal o vereador solicitou a instalação de placas indicativas em dois redutores de velocidade (lombadas) na Rua Exp. Arnold Baron, que está em processo de pavimentação. Da mesma forma solicitou a instalação de um limitador de altura na ponte localizada na Rua Soni Baumgartner, para evitar o trânsito de caminhões pesados.

Paulo Ricardo Gums (Progressistas) também comentou sobre a assinatura do contrato de concessão entre prefeitura e Guabiruba Saneamento para os próximos 30 anos. O parlamentar acredita que investimentos serão realizados para melhoria da água e início da instalação da rede de esgoto.

Sobre a retomada das obras por parte da prefeitura municipal o parlamentar comentou que em sessões presenciais irá voltar ao tema e também apresentar imagens sobre as obras.

Gums também chamou a atenção de parte da comunidade que residem em vias que estão sendo pavimentadas com recursos próprios da prefeitura. Segundo o vereador muitas pessoas se comprometeram em construir suas calçadas e boa parte não efetuou a obra. 

A vereadora Rosita Kohler comentou sobre a data limite está quarta-feira, 06 maio, para regularização dos títulos de eleitor juntos ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SC) que está disponibilizando atendimento remoto emergencial através de sua página eletrônica. Segundo a vereadora através desse serviço o cidadão pode requerer o seu primeiro título, alterar dados cadastrais, alterar local de votação e realizar transferência de inscrição para o município que possui vínculo.

Vilmar Gums (MDB) apresentou pedido de moradores da Rua André Scharf, Pomerânia que estão sofrendo já que a rua não tem passagem de sistema de água e nem tratamento de esgoto. O parlamentar solicitou prioridade da nova empresa de água da cidade para resolver a situação dos moradores.

O vereador também voltou a solicitar a instalação de redutores de velocidade em vários pontos da cidade, em decorrência do aumento do número de acidentes.

Por fim, reclamou que a Casa da Cidadania e também o Cartório Eleitoral em Brusque continuam sem atendimento presencial, dificultando a regularização dos títulos de algumas pessoas.

ORDEM DO DIA

Nenhum projeto em votação.

Continue lendo...