​Resumo da sessão ordinária de 22 de outubro de 2019
O principal tema debatido foi uma indicação apresentada que solicita que a administração municipal realize um repasse mensal para o Hospital de Azambuja.
por Redação 23/10/2019 às 10:57 Atualizado em 23/10/2019 às 10:59

Na noite de terça-feira, 22 de outubro, aconteceu mais uma sessão ordinária na Câmara Municipal de Guabiruba, sendo os trabalhos presididos pela vereadora Rosita Kohler (Progressistas).

Na oportunidade foram aprovadas três moções de congratulações uma endereçada a Associação Empresarial de Brusque pela passagem dos 85 anos da entidade, uma destinada a Associação dos Orquidofilos e Plantas Ornamentais (ABAPO) e a última destinada a carateca guabirubense Júlia Maiara dos Santos pela medalha de bronze conquistada no campeonato brasileiro da modalidade. 

O principal tema debatido foi uma indicação apresentada que solicita que a administração municipal realize um repasse mensal para o Hospital de Azambuja, para que seja evitado a suspensão ou queda de qualidade nos serviços de atendimento à população guabirubense. Alguns vereadores não assinaram a indicação.

Haliton Kormann (MDB) apresentou imagens no sistema audiovisual da câmara mostrando uma placa improvisada pele comunidade na Rua Zeno Gums, o parlamentar solicitou a instalação de uma placa de logradouro na referida via.

Outro tema comentado foi a falta de água na localidade do Holstein, bairro São Pedro no último final de semana. 

Por fim, solicitou ajuda de empresas através de incentivo e patrocínios para equipe de basquete de cadeirantes.

O vereador líder de oposição Jaime Luiz Nuss (MDB) disse não entender porque a maioria dos vereadores de situação não assinaram e apoiaram a indicação destinada ao prefeito que solicita que o mesmo busque uma forma de repassar recursos mensais para o Hospital de Azambuja para manutenção do atendimento a comunidade.

Paulo Ricardo Gums (Progressistas) informou que a entrega da nova creche do bairro Imigrantes deve acontecer nos próximos dias. Também informou que o processo de licitação para cobertura da quadra da Escola Osvaldo Ludovico Fuckner está em processo finais. 

Também discorreu sobre vias que estão sendo pavimentadas em processo de parceria e outras com recursos do município. 

Sobre o Hospital de Azambuja o Waldemiro Dalbosco (Progressistas) disse não achar certo instaurar o pânico na população, afirmando que a qualidade do atendimento pode cair ou até mesmo o serviço de atendimento seja suspenso.

O parlamentar afirmou que todo serviço executado pela casa hospitalar é remunerado através SUS. E existem outros apoios financeiros através do Núcleo de Empresários de Guabiruba e até mesmo da comunidade através de contribuições e descontos na conta de energia e demais ações.

Para o vereador esse assunto tem que ser tratado internamente entre o poder executivo e administração do hospital. 

O vereador líder de governo Cristiano Kormann (Progressistas) comentou a repercussão principalmente na mídia e redes sociais sobre as ameaças de uma possível paralisação no atendimento de guabirubenses no Hospital de Azambuja. Segundo o parlamentar o município nunca deixou de conversar com os administradores do hospital, mas é necessário buscar formas legais para uma possível ajuda. No passado inclusive teve uma conversar entre as partes para que o Hospital de Azambuja pudesse assumir via remuneração os serviços de saúde da hoje Associação Hospital de Guabiruba, mas não se chegou a um acordo.

Outro tema discorrido por Kormann é que alguns vereadores utilizando prática puramente eleitoreira estão incitando a comunidade dizendo que as sobras financeiras da Câmara Municipal poderiam ser destinadas pelo presidente para o hospital, fato que segundo ele não é verídico já que por lei os valores têm que retornar para os cofres do poder executivo.  

O vereador Felipe Eilert dos Santos (PT) afirmou que estão complicando um pedido através da indicação que é tão simples. O que a indicação solicita segundo ele é que o prefeito através de um trabalho de gestão consiga buscar meios para colaborar financeiramente com o Hospital de Azambuja para manutenção da qualidade do serviço e atendimento a comunidade guabirubense. 

ORDEM DO DIA

- Foi aprovada Moção de Congratulações nº 21/2019;

- Foi aprovada Moção de Congratulações nº 22/2019;

- Foi aprovada Moção de Congratulações nº 23/2019.

Nada mais havendo a tratar, foi declarada encerrada a sessão ordinária, convocando a próxima para o dia 05 de novembro de 2019, no horário regimental às 19 horas.

Galeria de fotos
Áudios
1
Haliton 22 outubro.mp3
2
Jaime 22 outubro.mp3
3
Minhoca 22 outubro.mp3
4
Waldemiro 22 outubro.mp3
5
Sano 22 outubro.mp3
6
Felipe 22 outubro.mp3
Continue lendo...