Câmara Municipal de Guabiruba aprova repasse de auxílio financeiro ao Hospital Azambuja
Ordem do Dia
por Redação 19/08/2020 às 09:39 Atualizado em 19/08/2020 às 09:57

Na noite de terça-feira, 18, a Câmara Municipal de Guabiruba realizou mais uma sessão ordinária através de videoconferência em decorrência da orientação para não realização de encontros presenciais em momento de pandemia do coronavírus.

Na oportunidade foram aprovados dois Projetos de Leis e um Requerimento. Com destaque para discussão e aprovação, com o voto contrário do vereador Vilmar Gums “Mala” (MDB) do Projeto de Lei n. º 11/2020, que autoriza a celebração de convênio entre os municípios de Botuverá, Brusque e Guabiruba para apoio de custeio ao Hospital Arquidiocesano Consul Carlos Renaux (Azambuja).

O município de Guabiruba repassará o valor de R$ 48 mil, assim como os demais parceiros para o custeio da locação de bombas de infusão para equipar as UTIs para o enfrentamento da pandemia da Covid-19.

ORDEM DO DIA

- Foi aprovado em votação única o Projeto de Lei Ordinária nº 10/2020 do Executivo, que "DISPÕE SOBRE A ABERTURA DE CRÉDITO ESPECIAL E SUPLEMENTAR NO ORÇAMENTO DO MUNICÍPIO DE GUABIRUBA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS".

- O regime de urgência especial (solicitado pelo vereador Cristiano Kormann) ao Projeto de Lei Ordinária nº 11/2020 do Executivo, que "AUTORIZA A CELEBRAÇÃO DE CONVÊNIO ENTRE OS MUNICÍPIOS DE BOTUVERÁ, BRUSQUE E GUABIRUBA PARA APOIO DE CUSTEIO AO HOSPITAL ARQUIDIOCESANO CONSUL CARLOS RENAUX – CNPJ 82.986.985/0001-30", foi aprovado com os votos contrários dos vereadores Vilmar Gums, Felipe dos Santos, Haliton Kormann e Harri Westarb. 

Já o Projeto de Lei Ordinária nº 11/2020 do Executivo,foi aprovado em discussão e votação única recebeu o voto contrário do vereador VILMAR GUMS.

Foi aprovado também o Requerimento nº 03/2020 do Vereador FELIPE EILERT DOS SANTOS, que este subscreve, com amparo regimental, requer à Presidente da Mesa Diretora da Câmara Municipal, para que se digne convidar um representante da Guabiruba Saneamento, com a finalidade de prestar os devidos esclarecimentos e possíveis soluções acerca dos diversos problemas que o município tem sofrido com a falta de abastecimento e qualidade da água oferecida aos consumidores.

Nada mais havendo a tratar, foi declarada encerrada a sessão ordinária, convocando a próxima para o dia 25 de agosto de 2020, no horário regimental às 19 horas.

Continue lendo...